Os Choros do Villa

Date: 
05/21/2009 - 20:30
05/22/2009 - 20:30
05/23/2009 - 20:30
05/24/2009 - 19:00
Location: 
Brazil: Brasilia

Os choros do Villa
Os choros de Villa-Lobos - Espetáculo dos corpos artísticos da Fundação Clóvis Salgado | 21 a 24 de maio
Grande Teatro
Corpos artísticos da Fundação Clóvis Salgado homenageiam Villa-Lobos em espetáculo no Palácio das Artes

Obras Cavalo Marinho, Índia Carajá e Pierrô, de Cândido Portinari: algumas das obras modernistas que inspiraram o espetáculo

A Cia de Dança Palácio das Artes, Orquestra Sinfônica e Coral Lírico de Minas Gerais são os três corpos artísticos mantidos pela Fundação Clóvis Salgado que juntos vão prestar homenagem ao cinquentenário de morte do célebre compositor brasileiro, Heitor Villa-Lobos. A apresentação especial será nos dias 21, 22, 23 e 24 de maio, no Grande Teatro do Palácio das Artes. Às 20h30 na quinta, sexta e sábado e às 19h no domingo. Direção geral e cenografia Ione Medeiros, coreografia Jomar Mesquita e regência de Charles Roussin.

Para fazer uma homenagem digna e sincera a um brasileiro nascido no Rio de Janeiro e que sozinho, aprendeu violão na adolescência, em meio às rodas de choro cariocas, os três corpos artísticos apresentarão o espetáculo Villa-Lobos: Choros. A dança será acompanhada por vozes e instrumentos de uma das séries mais importantes de Villa-Lobos, os Choros, escritos na década de 1920 a 1930. O compositor fez 16 choros para as mais variadas formações: piano ou guitarra solista, conjunto de câmara, voz e orquestra, coros, grande orquestra.

Villa-Lobos foi considerado um compositor único por unir músicas com sons naturais. O artista utilizava sons da mata, de eventos indígenas, africanos, cantigas, choros, sambas e outros gêneros muito utilizados no Brasil. A preocupação era sempre fundir suas obras com aspectos da música realizada no país.

A diretora do espetáculo Ione Medeiros fala da obra que escolheram para homenagear o cinquentenário do compositor Heitor Villa-Lobos. "Os Choros de Villa-Lobos nos remetem ao modernismo dos anos 20, movimento que se propunha a repensar a nossa cultura, resgatar nossas tradições, costumes e etnias, tendo em vista a construção de uma identidade brasileira. Dentro desta proposta, presente na literatura, nas artes plásticas, na música, nos manifestos de artistas e intelectuais, elaborava-se a seguinte questão: que cara tem o Brasil? Retomando esta perspectiva, queremos esboçar cenicamente um caleidoscópio telúrico feito de sons, cores e imagens, reavivando ícones e traços de nossa memória afetiva e comemoramos a exuberância criativa de nosso povo".

O espetáculo é dedicado ao grande músico Sebastião Viana.

*ingressos à venda

Serviço:
Evento: Os choros de Villa-Lobos - Espetáculo dos corpos artísticos da Fundação Clóvis Salgado
Data: 21, 22, 23 e 24 de maio
Horário: De quinta a sábado às 20h30; domingo às 19h
Duração: 1h
Local: Grande Teatro
Ingressos: Platéia I e II: R$ 15 (inteira), R$7,50 (meia-entrada*); Platéia superior: R$ 10 (inteira); R$5 (meia-entrada*)
Faixa Etária: 10 anos
Balcão de Informações: (31) 3236-7400 - Horário de funcionamento: segunda-feira a domingo, de 14h